Estratégia nacional para o empreendedorismo

Estratégia nacional para o empreendedorismo

Em março de 2016 foram lançadas 15 medidas que criaram a START UP PORTUGAL.

O objetivo foi fomentar a competitividade e qualidade, apoiando com medidas que possibilitassem a profissionalização destes projetos, para que se tornasse possível atrair investidores do país e do exterior para viabilizar as start ups.

Em julho de 2018, o panorama nacional é completamente diferente, a criatividade, energia e motivação que as start up’s trazem ao mercado, faz com que todos os olhos estejam colocados no seu desenvolvimento e alimenta-se a expectativa de que é possível fazer mais e melhor.

Constatado o sucesso do programa principalmente nas start ups de TI, este programa foi ampliado com 20 novas medidas provendo recursos na ordem de 700 milhões de euros.

Os principais indicadores do sucesso destas medidas foram o reconhecimento dos unicórnios portugueses (Farfetch, Outsystems e a caminho, a Feedzai), a significativa criação de empregos com trabalhadores altamente qualificados e a partida da Rede Nacional de Incubadoras com 135 entidades certificadas e 3.000 start ups em funcionamento.

O GPTWFORALL entende a importância estratégica do segmento das start up’s para a sociedade e para o país podendo colaborar com as incubadoras, aceleradoras e startups (acima de 5 colaboradores) a se transformarem num Best Workplace.

O modelo e as ferramentas do Great Place to Work® podem ser customizados para o segmento de modo a se construir um ambiente de trabalho de excelência com baixo investimento:

ü  aumentar a visibilidade externa para investidores e talentos através dos selos de reconhecimento do Great Place to Work®

ü  aceder às bases de dados e o repositório das best practices através de benchmarks globais

ü  criar um maior senso de equipa e urgência

ü  alavancar o engagement e, portanto, a produtividade dos processos de gestão

ü  incentivar a inovação

e

ü  atrair funding da Estratégia Nacional

Nas medidas deste novo programa:

ü  KEEP – Key Employee Engagement Program* para as práticas internacionais de atração e retenção dos talentos

ü  COMPETE – formação complementar com as abordagens do Journey** e do Construa**

ü  Tech Visa – atração de talentos do exterior para o mercado português.

Acredito que podemos reunir as condições para apoiar as start up’s a não descorarem o valor da cultura de confiança, para que o mesmo o apoie ao longo do crescimento da empresa, afinal é nos melhores ambientes que crescem os melhores resultados.

*Metodologia Great Place to Work®

** Programas de Formação disponibilizados pelo Great Place to Work® Portugal

 

 

 ARTIGOS ASSINATURA MK