MENU

9 Dicas para impulsionar o Employer Branding da sua empresa

9 Dicas para impulsionar o Employer Branding da sua empresa

Quer impulsionar o Employer Branding? Aqui ficam 9 dicas do Great Place to Work®.

Ainda em 2019, 74% dos profissionais de recrutamento acreditava que a contratação se tornaria mais competitiva, de acordo com os dados divulgados pela “Recruiter Nation Study”. Ao mesmo tempo que 77% afirmavam que o seu maior desafio na contratação era a falta de candidatos qualificados.

As empresas que atraem os melhores talentos são aquelas que mais se destacam pela sua estratégia de comunicação externa, curiosamente baseada na experiência do consumidor interno, ou seja, na experiência do colaborador. Isto significa: que a forma como a empresa é vista pelas pessoas de dentro irá ditar a importância da sua marca empregadora.

Deste modo, a forma como a empresa comunica é fundamental para o seu processo de recrutamento. Abaixo estão 9 maneiras simples de desenvolver uma estratégia forte de “Employer Branding” (EB).

 

 1. Experiência do Colaborador “Employee Experience”

Não podemos tratar o “Employer Branding” sem primeiro nos dedicarmos a tratar da experiência do colaborador, não existe na verdade nenhuma outra maneira de ter um EB saudável e forte se a sua estratégia não começar por aqui.

A experiência do colaborador tem que ser pensada muito antes da entrada na empresa. Uma boa estratégia de recursos humanos procura prever todos os pontos de contato e trabalhar para que a jornada do colaborador seja o mais eficiente possível.

Através deste plano o RH consegue disseminar, de modo mais eficiente, a mensagem interna e externamente, pois está apoiada em factos vividos pelos colaboradores.

Exemplo disso é que 89% dos colaboradores dos Melhores Lugares para Trabalhar em Portugal afirma trabalhar num Great Place to Work®.

2. Advocacy Marketing

Muito provavelmente lê opiniões on-line antes de reservar um hotel ou ir a um restaurante. Da mesma forma, a validação de terceiros tornou-se um pré-requisito para quem procura um emprego.

Todos os anos, milhares de empresas obtêm a Certificação do Great Place to Work™ ou participam nas listas dos Best Workplaces™ com o objetivo de obter um de selo que reconheça a cultura e a qualidade do ambiente de trabalho que promovem.

 

Segundo o estudo dos Best Workplaces™ em Portugal, 92% dos colaboradores afirmam sentir orgulho em dizer que trabalham na sua empresa. 

                                    Imagem1.png

3. Coloque os valores da empresa à frente e no centro

86% dos millennials considerariam uma diminuição de salário para trabalhar numa empresa cuja missão e valores estejam alinhados com os seus. Se mais candidatos procuram um propósito, acima dos valores salariais, a cultura da sua empresa deve refletir esta mudança.

Do negócio principal aos programas de responsabilidade social, avalie o impacto da marca. Partilhe a missão e os valores no site da empresa, para que sejam mais "entendidos" do que apenas "informados".

Precisa de ajuda com o seu EVP ? Saiba mais neste artigo.

 

4. Tornar a cultura partilhável

Uma cultura forte permite que o propósito do colaborador esteja alinhado com a organização.

Recorde: Cultura (Missão, Visão, Valores) = Propósito

As melhores referências de emprego vêm de amigos e familiares, as pessoas com quem nós, também, partilhamos uma cultura especial. Crie oportunidades no trabalho que os colaboradores queiram partilhar. Planeie uma atividade em equipa ou junto à sua comunidade. Naturalmente, as pessoas irão falar sobre o seu novo software ou sobre como todas as terças feiras ajudam as pessoas sem abrigo (Uma história verdadeira da equipa da Carglass, assista ao GPTW Talk’s).

 

5. Encontre maneiras de se destacar

O que torna a sua empresa única? Premeia colaboradores que encontram tempo para serem voluntários? Oferece licença de parentalidade remunerada? O que diferencia o seu local de trabalho que conseguirá com que as pessoas comentem sobre a sua empresa?

 

6. Seja visível na comunidade

Um forte “Employer Branding” é visível na comunidade que o cerca e vive os seus valores.  A AbbVie (vencedora do Prémio Social de Responsabilidade Social, 2019) executa o plano “Make it Real” que permite apoiar várias causas solidárias, tais como o Projeto “Escolhe Viver”, que tem como objetivo contribuir para a literacia da saúde nas escolas do concelho da Amadora.

 

7. Faça os millennials felizes

Os millennials são poderosos recrutadores e embaixadores da marca. No nosso estudo mais recente dos World’s Best Workplaces™ descobrimos que os millennials são 149 vezes mais propensos a recomendar as suas empresas através das redes sociais.

Neste momento os millenials representam 50% da força de trabalho global, e em 2025 chegará aos 75%!

Entenda o que motiva os millennials e o boca-a-boca fluirá. 

beneficios

8. Contrate a diversidade

Quem a sua organização contrata diz muito sobre quem é e sobre o que representa. Uma equipa diversificada envia a mensagem que a empresa valoriza diferentes experiências e pontos de vista.

 

9. Conte a sua história através das plataformas corretas

Se uma imagem vale mais que mil palavras, um vídeo vale um milhão. E as redes sociais são um poderoso meio para visualizar histórias.

Coloque os seus colaboradores em frente às câmaras e capture a sua cultura. Não precisa ser super-elaborado. Imagens espontâneas filmadas num smartphone são autênticas e honestas e mostram ao mundo o lado informal. Partilhe estes vídeos no seu site, sites de empregos e redes sociais.

Ou então seja uma das empresas Best Workplaces™ e partilhe os vídeos do GPTW Talk’s. Acompanhe a segunda temporada mensalmente no youtube.

 

10. Dica Bónus

A melhor forma de estruturar o seu plano de "Employer Branding" é começar por ouvir os seus colaboradores.

Faça uma pesquisa de clima organizacional e conheça profundamente o que motiva e retém os seus colaboradores na sua organização, para que então entenda o que o seu público alvo procura e com base nisso entregue o que eles necessitam.

 

Para concluir, entenda que só porque uma marca é respeitada pelo seu consumidor, não significa que a sua empresa é considerada um ótimo empresa para trabalhar.  

Pense como isso pode influenciar os candidatos na hora em que procuram empresas para se candidatarem.

O mercado de trabalho mudou, cada vez mais quem escolhe a empresa é o talento e não a empresa que escolhe o talento que quer.

 

Saiba mais sobre a nossa pesquisa e os nossos planos de consultoria em Employer Branding, fale com um dos nossos consultores.

 

Falar com um consultor

 

Este artigo é baseado no trabalho da nossa colega Claire Hastwell ( GPTW® US) publicado em outubro de 2019, leia aqui.

 

 

“Para ter um negócio de sucesso, alguém, algum dia, teve que tomar uma atitude de coragem.”- Peter Drucker