MENU

Estes são os Best Workplaces™ em Portugal! Conheça aqui os vencedores.

Estes são os Best Workplaces™ em Portugal! Conheça aqui os vencedores.

O Great Place to Work® Portugal apresenta, mais uma vez, os Best WorkplacesTM em Portugal.

No evento online, que decorreu hoje, dia 31 de março, foram apresentados os Best WorkplacesTM em Portugal e os vencedores dos prémios sociais. Maurício Korbivcher, CEO e Country Manager da Great Place to Work® Portugal, começa por destacar a mudança de mindset que se verificou nas empresas ao longo deste último ano. «O capital humano foi colocado em primeiro lugar», refere o CEO.

Verificou-se mais ênfase no propósito, na cultura, nos valores, na saúde mental, na inovação, na criatividade e na formação ao longo dos últimos tempos – e as empresas provaram por que merecem este reconhecimento. Segundo Maurício Korbivcher, nunca foi tão importante ouvir os colaboradores, refletir as causas e agir para mudar comportamentos, buscando melhorias.

O reconhecimento, tal como nas outras edições, baseia-se na avaliação do Trust Index© (2/3), um survey dirigido aos colaboradores que mede, de forma voluntária e confidencial, a qualidade do ambiente de trabalho, e do Culture Audit® (1/3), um questionário dirigido às empresas, que tem como objetivo auditar a cultura organizacional ao nível da gestão de pessoas/qualidade do ambiente de trabalho.

Os resultados positivos desta preocupação são evidentes quando se analisa o Trust Index©, ou seja, o índice de confiança, que na edição passada foi de 86%. Nesta edição, o valor sobe para 87%. De acordo com o CEO, este acréscimo no Trust Index© resulta do aumento verificado nas dimensões Camaradagem e Credibilidade. Já na avaliação do Culture Audit© destacou-se, mais positivamente, a área Cuidar.

Foram 23 400 colaboradores ouvidos para construir aquele que é o ranking que a Great Place to Work® Portugal nos apresenta hoje, e verificou-se uma participação com elevada taxa de resposta.

Este ano, houve um aumento do número de empresas reconhecidas como Best WorkplacesTM (30 organizações), de diferentes setores e de três dimensões: menos de 100 colaboradores; entre 100 e 500 colaboradores; e mais de 1000 colaboradores. Isto deveu-se a um aumento da qualidade dos ambientes de trabalho das organizações, que responderam de forma positiva aos desafios do novo contexto.

Algumas das boas práticas que levaram a este reconhecimento passaram pela criação das mesmas condições dos locais de trabalho na casa dos colaboradores, através de apoio financeiro para aquisição de materiais e equipamentos ou para despesas relacionadas com o teletrabalho; apoio psicológico; adaptações para o mundo online, com webinares e talks; entre outras iniciativas e soluções.

Este evento online contou com apresentação de Marta Leite de Castro, que começa por destacar a importância destes estudos dos ambientes de trabalho, que contribuem, cada vez mais, para a excelência das organizações. Este ano desafiante traduz-se neste ranking, que divulga as empresas que viram a oportunidade, e não apenas a sobrevivência.

Marta Leite de Castro começou por destacar os vencedores dos Prémios Sociais. Eis a lista dos vencedores:

Atração de Jovens Talentos – Capgemini Portugal
Igualdade de Género – AbbVie
Liderança – Estoril Sol Digital
RSO e Sustentabilidade – Amgen Biofarmacêutica
Saúde e Bem-Estar – Mind Source
Eis a lista dos 30 vencedores, dividida por dimensões:
Mais de 1000 colaboradores:

1.º lugar: Teleperformance Portugal

Setor: Serviços/ Outsourcing/ Call centers; 11 609 colaboradores

Reconhecida como Best WorkplacesTM em Portugal pela décima vez.

Práticas de destaque:
Welcome & Support: equipa responsável pelo acolhimento, receção e integração de colaboradores que vêm de fora da cidade em que vão trabalhar. Disponível 24h por dia, providencia a receção dos colaboradores no aeroporto, check-in no apartamento cedido (no caso de viver a mais de 100km do trabalho), apoio burocrático, bem como o acompa­nhamento a unidades de saúde, em caso de necessidade.

TP Cloud Campus: novo modelo de negócio que permite aos colaboradores trabalhar a partir do conforto de casa e em qualquer localização geográfica, ter flexibilidade de horário, receber formações e garantir a progressão de carreira à distância de uma ligação, num ambiente 100% virtual. Se uma das prioridades da Teleperformance é o work life-ba­lance e qualidade de vida dos colaboradores, o TP Cloud Campus foi criado exatamente com estes dois focos.

2.º lugar: ERA Imobiliária

Setor: Gestão Imobiliário; 2311 colaboradores

Reconhecida como Best WorkplacesTM em Portugal pela segunda vez.

3.º lugar: Leroy Merlin

Setor: Comércio a Retalho; 4946 colaboradores

Reconhecida como Best WorkplacesTM em Portugal pela terceira vez.

Menos de 100 colaboradores:

1.º lugar: Abbvie

Setor: Farmacêutico; 91 colaboradores

Reconhecida como Best WorkplacesTM em Portugal desde 2014.

Práticas de destaque:
Planos de Formação Virtuais: têm como objetivo o desenvolvimento das competên­cias de negócio, soft skills e de conhecimentos técnico-científicos.

Orientação Escolar e Profissional: todos os filhos dos colaboradores a frequentar do 9º ao 12º ano têm acesso a um exame de orientação escolar e profissional, utilizando tec­nologia avançada para a análise psicológica e vocacional, com o objetivo de potenciar o autoconhecimento e apoiar a tomada de decisão no prosseguimento de estudos e esco­lha de profissões.

2.º lugar: Centros de Formação Talentos

Setor: Educação e Formação; 37 colaboradores

Reconhecida como Best WorkplacesTM em Portugal pela primeira vez.

3.º lugar: IG&H

Setor: Serviços profissionais/ Consultoria – Gestão; 70 colaboradores

Reconhecida como Best WorkplacesTM em Portugal pela primeira vez.

4.º lugar: SAS Institute Software

Setor: Tecnologias de informação/ Softwares; 74 colaboradores

Reconhecida como Best WorkplacesTM em Portugal desde 2007.

5.º lugar: Grünenthal

Setor: Biotecnologia e Farmacêutica; 46 colaboradores

Reconhecida como Best WorkplacesTM em Portugal pela sexta vez.

6.º lugar: Estoril Sol Digital

Setor: Tecnologias de informação/ Lotarias e outros jogos de apostas; 25 colaboradores

Reconhecida como Best WorkplacesTM em Portugal pela terceira vez.

7.º lugar: Amgen

Setor: Biotecnologia e Farmacêutica; 37 colaboradores

8.º lugar: Blue Screen IT Solutions

Setor: Tecnologias de informação/ Software; 20 colaboradores

Reconhecida como Best WorkplacesTM em Portugal pela primeira vez.

9.º lugar: Tridonic Portugal

Setor: Tecnologias de informação/ Software; 52 colaboradores

Reconhecida como Best WorkplacesTM em Portugal pela segunda vez.

10.º lugar: JTI Portugal

Setor: Tabaco; 38 colaboradores

Reconhecida como Best WorkplacesTM em Portugal pela primeira vez.

11.º lugar: Bristol Myers Squibb

Setor: Biotecnologia e Farmacêutica; 28 colaboradores

Reconhecida como Best WorkplacesTM em Portugal pela sétima vez.

12.º lugar: Baxter Portugal

Setor: Saúde/ Venda e distribuição de produtos médicos; 53 colaboradores

Reconhecida como Best WorkplacesTM em Portugal pela terceira vez.

13.º lugar: AdNovum Portugal

Setor: Tecnologias de informação/ Software; 38 colaboradores

Reconhecida como Best WorkplacesTM em Portugal pela segunda vez.

14.º lugar: Grupo dreamMedia

Setor: Serviços/ Publicidade e Marketing; 85 colaboradores

Reconhecida como Best WorkplacesTM em Portugal pela segunda vez.

Entre 100 e 500 colaboradores:

1.º lugar: Cisco Portugal

Setor: Tecnologias de Informação; 448 colaboradores

Reconhecida como Best WorkplacesTM em Portugal desde 2009.

Práticas de destaque:
Cisco Check-Ins: que envolveram todos os colaboradores a nível mundial e onde a equipa de liderança esteve sempre presente e acompanhada de uma equipa de médicos, incluindo psicólogos e onde se discutiram os diferentes tipos de cuidados e potenciais impactos da pandemia.

Cisco Networking Academy®: ajuda à transição de professores e alunos para um ensi­no e aprendizagem virtuais. Em Março 2020, a Cisco ofereceu acesso gratuito ao Webex, promoveu webinars regulares, partilhou as melhores práticas e incentivou a inscrição em cursos Cisco online gratuitos.

2.º lugar: Medtronic Portugal

Setor: Saúde/ Venda e distribuição de produtos médicos; 143 colaboradores

Reconhecida como Best WorkplacesTM em Portugal desde 2006.

3.º lugar: Mind Source

Setor: Tecnologias de informação/ Consultoria; 205 colaboradores

Reconhecida como Best WorkplacesTM em Portugal há dez anos.

4.º lugar: Hilton

Setor: Hotelaria/ Turismo; 272 colaboradores

Reconhecida como Best WorkplacesTM em Portugal pelo segundo ano consecutivo.

5.º lugar: GSK

Setor: Biotecnologia e Farmacêutica; 208 colaboradores

Reconhecida como Best WorkplacesTM em Portugal pela primeira vez.

6.º lugar: DHL Express Portugal

Setor: Transportes/ Aéreos; 397 colaboradores

Reconhecida como Best WorkplacesTM em Portugal pela oitava vez.

7.º lugar: Hilti Portugal

Setor: Comércio e Retalho; 104 colaboradores

Reconhecida como Best WorkplacesTM em Portugal pela primeira vez (primeiro ano que concorre).

8.º lugar: Capgemini Portugal

Setor: Atividades de consultoria em informática; 500 colaboradores

Reconhecida como Best WorkplacesTM em Portugal pela terceira vez.

9.º lugar: Webhelp Braga

Setor: Serviços/ Outsourcing/ Call centers; 421 colaboradores

Reconhecida como Best WorkplacesTM em Portugal pela terceira vez.

10.º lugar: Mercedes-Benz.IO Portugal

Setor: Tecnologias de informação/ Software; 211 colaboradores

Reconhecida como Best WorkplacesTM em Portugal pela primeira vez.

11.º lugar: Olisipo

Setor: Tecnologias de informação/ Consultoria; 442 colaboradores

Reconhecida como Best WorkplacesTM em Portugal pela primeira vez.

12.º lugar: Banco Credibom

Setor: Banca e Seguros/ Serviços bancários/ Crédito; 425 colaboradores

Reconhecida como Best WorkplacesTM em Portugal pela primeira vez (primeiro ano que participa).

13.º lugar: Bayer Portugal

Setor: Biotecnologia e Farmacêutica; 156 colaboradores

Reconhecida como Best WorkplacesTM em Portugal pela quarta vez.

No final do evento, Luís Pedro Costa, marketing and branding da Great Place to Work® Portugal, traz-nos algumas novidades: em 2022, o evento irá contar com cinco listas independentes, e os prémios sociais serão reformulados, para abranger novas áreas. Estas novas alterações serão divulgadas em abril.

Por fim, Cristina Martins de Barros, managing director do IIRH e da RHmagazine, fecha o evento, agradecendo e dando os parabéns a todas as empresas que se candidataram a este ranking e que ganharam os prémios.

Fique a conhecer as práticas de destaque de todos os vencedores, em detalhe, na RHmagazine de março/abril!

 

LEIA A NOTICIA NA RH MAGAZINE

 

A Webhelp, líder mundial de externalização de serviços de apoio ao cliente (BPO), recebe pela terceira vez consecutiva a distinção do Great Place to Work, que identifica e reconhece a empresa pelo ambiente e pelas condições de trabalho proporcionadas aos colaboradores, mesmo em tempos de pandemia.

Com cerca de 2.000 colaboradores em Portugal, a Webhelp, através da sua subsidiária Webhelp Braga, integra igualmente a lista das 30 melhores empresas para trabalhar no país, sendo a única empresa de Braga na listagem, ocupando o 20ª lugar do ranking. É ainda a 9ª empresa nacional na categoria de 100 a 500 colaboradores (e único contact center nesta categoria).

Para conseguir alcançar esta distinção, a Webhelp contou com a colaboração de mais de 85% dos seus colaboradores dessa subsidiária. A participação dos colaboradores, recolhida de forma confidencial e anónima, permitiu identificar e avaliar fatores de sucesso para a empresa como a credibilidade, respeito, imparcialidade, orgulho e camaradagem entre equipas, com a Webhelp a registar em todos uma avaliação entre 87% e 92%.

Para Carlos Moreira, CEO da Webhelp Portugal, “este feedback extremamente positivo que recebemos anualmente por parte dos nossos colaboradores tem um peso ainda maior, devido a todo o contexto pandémico. Mesmo com as mudanças que nos trouxe este novo cenário, a Webhelp conseguiu manter a satisfação e o bem-estar dos nossos colaboradores como uma das grandes prioridades e isso acabou por transformar-se num resultado melhor do que aquele obtido em 2020”.

Para implementar o posicionamento “Think Human” que é a base da empresa, a Webhelp Braga realizou várias iniciativas ao longo do ano criadas especificamente para manter um bom ambiente de trabalho, reforçar a autonomia e a confiança dos colaboradores, melhorar a comunicação interna e promover iniciativas que respondesses às novas inquietudes dos colaboradores face à COVID-19. “A implementação de horários flexíveis, que privilegiam o tempo em família, desafios que ajudam os Webhelpianos a evoluir e uma mudança para novas iniciativas online, quer de comunicação interna com competições, concertos, showcooking, entre outros, e a manutenção de outras como o médico e o nutricionista que passaram a atender os colaboradores online, permitiram manter o espírito da empresa bem vivo, apesar da distância, uma vez que mais de 80% dos colaboradores se encontram em teletrabalho”, refere Benoist Voidie, Director da Região Norte.

A classificação das Melhores Empresas para Trabalhar 2021 baseia-se num estudo do Great Place To Work através do inquérito Trust Index, um questionário enviado a todos os colaboradores da empresa proposta. Este inquérito inclui perguntas e representa que representam dois terços da avaliação. O restante terço da avaliação é a Culture Audit. Trata-se de uma análise exaustiva da cultura da empresa através das práticas e políticas de Recursos Humanos.