MENU

As melhores empresas para trabalhar em Portugal

As melhores empresas para trabalhar em Portugal

De acordo com a Great Place To Work, a confiança dos trabalhadores nas empresas volta a crescer, com a AbbVie, a Centros de Formação Talento e a Cisco a destacarem-se como as melhores empresas para trabalhar em Portugal, num total de 30 organizações selecionadas para o ranking.
A Cisco, a AbbVie e a Centros de Formação Talento foram consideradas as melhores empresas para trabalhar em Portugal, num ranking elaborado pela Great Place To Work que conta com 30 organizações. No top 10 desta lista seguem-se a Medtronic Portugal, a IG&H, o SAS Institute Software, a Mind Source, a Hilton, a Grunenthal e a GSK.

No mesmo ranking elaborado no ano passado, a Cisco ocupava a terceira posição, apenas ultrapassada pela Hilton Conrad Algarve DoubleTree (primeiro lugar) e o Grupo SEB (segundo lugar).

No âmbito do evento de divulgação desta lista, realizado esta manhã de forma online, o CEO da Great Place To Work Portugal, Maurício Korbivcher, afirmou que o último ano apresentou vários desafios às empresas, que conseguiram dar resposta aos impactos pandémicos, como comprovado pelo aumento do índice de confiança dos colaboradores.

O líder da Great Place To Work Portugal afirma ainda que as 30 organizações presentes na lista optam por colocar as pessoas no centro da sua gestão, formando os seus colaboradores e atribuindo apoios financeiros para a aquisição de material, no sentido de apoiar a saúde psicológica dos mesmos e criar um melhor ambiente profissional em contexto pandémico.

De referir que, na edição deste ano, participaram mais de 23 mil trabalhadores, com a Great Place To Work a atribuir prémios sociais às empresas que se destacam pelas suas práticas em várias categorias. Assim, as vencedoras foram a Capgemini Portugal, na categoria de atração de jovens talentos; a AbbVie, na categoria de igualdade de género; a Estoril Sol Digital, na categoria de liderança; a Amgen, na categoria de sustentabilidade; e, por fim, a Mind Source, na categoria de saúde e bem-estar.

LEIA A NOTICIA NA PME MAGZINE

 

A Webhelp, líder mundial de externalização de serviços de apoio ao cliente (BPO), recebe pela terceira vez consecutiva a distinção do Great Place to Work, que identifica e reconhece a empresa pelo ambiente e pelas condições de trabalho proporcionadas aos colaboradores, mesmo em tempos de pandemia.

Com cerca de 2.000 colaboradores em Portugal, a Webhelp, através da sua subsidiária Webhelp Braga, integra igualmente a lista das 30 melhores empresas para trabalhar no país, sendo a única empresa de Braga na listagem, ocupando o 20ª lugar do ranking. É ainda a 9ª empresa nacional na categoria de 100 a 500 colaboradores (e único contact center nesta categoria).

Para conseguir alcançar esta distinção, a Webhelp contou com a colaboração de mais de 85% dos seus colaboradores dessa subsidiária. A participação dos colaboradores, recolhida de forma confidencial e anónima, permitiu identificar e avaliar fatores de sucesso para a empresa como a credibilidade, respeito, imparcialidade, orgulho e camaradagem entre equipas, com a Webhelp a registar em todos uma avaliação entre 87% e 92%.

Para Carlos Moreira, CEO da Webhelp Portugal, “este feedback extremamente positivo que recebemos anualmente por parte dos nossos colaboradores tem um peso ainda maior, devido a todo o contexto pandémico. Mesmo com as mudanças que nos trouxe este novo cenário, a Webhelp conseguiu manter a satisfação e o bem-estar dos nossos colaboradores como uma das grandes prioridades e isso acabou por transformar-se num resultado melhor do que aquele obtido em 2020”.

Para implementar o posicionamento “Think Human” que é a base da empresa, a Webhelp Braga realizou várias iniciativas ao longo do ano criadas especificamente para manter um bom ambiente de trabalho, reforçar a autonomia e a confiança dos colaboradores, melhorar a comunicação interna e promover iniciativas que respondesses às novas inquietudes dos colaboradores face à COVID-19. “A implementação de horários flexíveis, que privilegiam o tempo em família, desafios que ajudam os Webhelpianos a evoluir e uma mudança para novas iniciativas online, quer de comunicação interna com competições, concertos, showcooking, entre outros, e a manutenção de outras como o médico e o nutricionista que passaram a atender os colaboradores online, permitiram manter o espírito da empresa bem vivo, apesar da distância, uma vez que mais de 80% dos colaboradores se encontram em teletrabalho”, refere Benoist Voidie, Director da Região Norte.

A classificação das Melhores Empresas para Trabalhar 2021 baseia-se num estudo do Great Place To Work através do inquérito Trust Index, um questionário enviado a todos os colaboradores da empresa proposta. Este inquérito inclui perguntas e representa que representam dois terços da avaliação. O restante terço da avaliação é a Culture Audit. Trata-se de uma análise exaustiva da cultura da empresa através das práticas e políticas de Recursos Humanos.