MENU

ERA eleita a 2.ª Melhor Empresa para trabalhar com +1000 colaboradores

ERA eleita a 2.ª Melhor Empresa para trabalhar com +1000 colaboradores

Imobiliária conquista também o 17º Lugar do Ranking Nacional das Melhores Empresas para Trabalhar em Portugal

AERA conquistou o 2º Lugar de Melhores Empresas para Trabalhar em Portugal na Dimensão de +1000 Colaboradores e alcançou o 17º Lugar do Ranking Nacional das Melhores Empresas para Trabalhar em Portugal, revela comunicado enviado aos jornalistas. Esta é uma subida de três lugares no Ranking Nacional face a 2020, ano em que a empresa foi distinguida pela primeira vez com este reconhecimento.

O destaque dos colaboradores da ERA vai para as práticas de inovação implementadas em todas as agências ERA, que são usadas para solucionar os desafios do negócio. As melhores soluções, nomeadamente tecnológicas, são rapidamente divulgadas por toda a rede para que possam ser adotadas de uma forma homogénea.

“Esta distinção deve-se, sem dúvida, ao empenho de cada um dos nossos colaboradores e é fruto da dedicação que demonstram ter ao projeto ERA. Vamos continuar a cultivar um ambiente de trabalho de excelência para os nossos colaboradores e mantermo-nos como uma referência no mercado imobiliário português”, refere Rui Torgal, Diretor-Geral da ERA Portugal.

Sublinhe-se que a ERA está presente em território nacional desde 1998 e conta com mais de 200 agências distribuídas pelo país, revela o mesmo comunicado. A imobiliária tem mais de 50 mil imóveis para comercialização e cerca de 2.500 agentes especializados em diversas áreas geográficas para melhor servir as necessidades dos clientes.

Já o prémio Best Workplaces (Melhores Lugares para Trabalhar), promovido pela consultora Great Place to Work, é considerado o mais respeitado e credível estudo de ambientes de trabalho. As distinções têm como objetivo valorizar o fator humano, distinguindo as organizações que mais contribuem para a melhoria dos ambientes de trabalho.

 

LEIA A NOTICIA No NOTICIAS AO MINUTO

 

A Webhelp, líder mundial de externalização de serviços de apoio ao cliente (BPO), recebe pela terceira vez consecutiva a distinção do Great Place to Work, que identifica e reconhece a empresa pelo ambiente e pelas condições de trabalho proporcionadas aos colaboradores, mesmo em tempos de pandemia.

Com cerca de 2.000 colaboradores em Portugal, a Webhelp, através da sua subsidiária Webhelp Braga, integra igualmente a lista das 30 melhores empresas para trabalhar no país, sendo a única empresa de Braga na listagem, ocupando o 20ª lugar do ranking. É ainda a 9ª empresa nacional na categoria de 100 a 500 colaboradores (e único contact center nesta categoria).

Para conseguir alcançar esta distinção, a Webhelp contou com a colaboração de mais de 85% dos seus colaboradores dessa subsidiária. A participação dos colaboradores, recolhida de forma confidencial e anónima, permitiu identificar e avaliar fatores de sucesso para a empresa como a credibilidade, respeito, imparcialidade, orgulho e camaradagem entre equipas, com a Webhelp a registar em todos uma avaliação entre 87% e 92%.

Para Carlos Moreira, CEO da Webhelp Portugal, “este feedback extremamente positivo que recebemos anualmente por parte dos nossos colaboradores tem um peso ainda maior, devido a todo o contexto pandémico. Mesmo com as mudanças que nos trouxe este novo cenário, a Webhelp conseguiu manter a satisfação e o bem-estar dos nossos colaboradores como uma das grandes prioridades e isso acabou por transformar-se num resultado melhor do que aquele obtido em 2020”.

Para implementar o posicionamento “Think Human” que é a base da empresa, a Webhelp Braga realizou várias iniciativas ao longo do ano criadas especificamente para manter um bom ambiente de trabalho, reforçar a autonomia e a confiança dos colaboradores, melhorar a comunicação interna e promover iniciativas que respondesses às novas inquietudes dos colaboradores face à COVID-19. “A implementação de horários flexíveis, que privilegiam o tempo em família, desafios que ajudam os Webhelpianos a evoluir e uma mudança para novas iniciativas online, quer de comunicação interna com competições, concertos, showcooking, entre outros, e a manutenção de outras como o médico e o nutricionista que passaram a atender os colaboradores online, permitiram manter o espírito da empresa bem vivo, apesar da distância, uma vez que mais de 80% dos colaboradores se encontram em teletrabalho”, refere Benoist Voidie, Director da Região Norte.

A classificação das Melhores Empresas para Trabalhar 2021 baseia-se num estudo do Great Place To Work através do inquérito Trust Index, um questionário enviado a todos os colaboradores da empresa proposta. Este inquérito inclui perguntas e representa que representam dois terços da avaliação. O restante terço da avaliação é a Culture Audit. Trata-se de uma análise exaustiva da cultura da empresa através das práticas e políticas de Recursos Humanos.