MENU

Como tornar estratégica a gestão de pessoas da sua organização

Como tornar estratégica a gestão de pessoas da sua organização

Feliz dia Internacional dos Recursos Humanos!

Nas empresas de maior sucesso da atualidade, o departamento de gestão de pessoas é um dos principais membros da equipa estratégica. Mas, nem sempre foi assim.

Nos anos 30 e 40, a departamento de recursos humanos foi originalmente construído como uma equipa de administração e mitigação de riscos, com uma forte aposta na conformidade regulamentar. No entanto, os negócios de hoje exigem muito mais da gestão de pessoas. Porquê?

Sabemos, graças a  uma análise de dados bem documentada, que as melhores empresas impulsionam um desempenho significativamente maior do que aquelas que não estão focadas nos colaboradores e na cultura. Para que as empresas percebam o seu potencial, precisam de investir nas suas pessoas e na sua cultura, e os líderes estratégicos têm de conseguir mostrar o caminho.

Nas empresas onde a gestão de pessoas é estratégica, ao invés de apenas procedimentos administrativos, o departamento desempenha um papel fundamental na determinação dos resultados do negócio. Uma equipa estratégica de RH pode reivindicar o aumento da quota de mercado, o crescimento da base de clientes, a inovação de produtos, o aumento das vendas e a ajuda a empresa a ser mais ágil, entre outras realizações.

Mas chegar a esta fase requer que os gestores de pessoas mudem a forma como pensam sobre o seu trabalho e as suas habilidades.  Os gestores mais bem sucedidos são capazes de ligar as pessoas aos resultados empresariais e envolver outros líderes para alcançar esses objetivos.  Consideram-se eles próprios como impulsionadores dos resultados dos negócios através das pessoas, pelo que quaisquer iniciativas-chave que realizem apoiam um objetivo de negócio documentado.

7 Competências-chave dos gestores de pessoas

No que diz respeito ao conjunto de competências exigidas pelos líderes estratégicos de hoje, identificámos sete competências fundamentais, baseadas em centenas de entrevistas com CEOs, membros do conselho de administração, empreendedores, profissionais de RH e investigadores. Estes líderes devem demonstrar ativamente:

  1. Experiência empresarial: Compreender e falar a língua do negócio
  2. Gestão de mudanças: Acelerar a mudança na organização quebrando paradigmas
  3. Engenharia da organização: Compreender como as organizações funcionam e as melhores práticas para o sucesso
  4. Gestão da cultura: Impulsionar e garantir que cada passo que a empresa tem está alinhada com a cultura que a empresa quer ter
  5. Análise de dados: Use dados para tomar decisões e ajude os outros a fazer as perguntas certas para obter as respostas certas
  6. Inclusão: Desbloqueie a paixão de cada colaborador, independentemente da raça, género, orientação sexual, idade etc.
  7. Marketing: Entenda que os colaboradores são o rosto da sua organização para os clientes. Os colaboradores satisfeitos podem ser os melhores embaixadores da marca e são uma força poderosa para o recrutamento.

Para ajudá-lo a começar além do conjunto de habilidades, aqui estão três ideias práticas para começar a aparecer como um gestor de pessoas mais estratégico:

  1. Conheça o seu negócio por dentro e por fora. Pergunta: como fazemos dinheiro, quais são os nossos produtos, quem são os nossos concorrentes, quais são os nossos modelos financeiros? E como é que as nossas pessoas se ligam diretamente a esses objetivos e resultados?
  2. Evite falar de RH. Cultive a linguagem que todas as outras pessoas entendem. Evite o jargão RH e termos técnicos quando não for necessário.
  3. Torne-se mais orientado para a solução. Em vez de sermos conhecidos como a equipa do "não, temos de seguir a política", descobrir como pode trazer soluções para a mesa e tornar-se um parceiro para os seus colegas executivos na condução do negócio.

Investir nas suas pessoas e ajudá-los a compreender o seu propósito faz tudo parte da criação de uma cultura de alta confiança e alto desempenho. Os líderes estratégicos de RH de hoje estão a demonstrar uma liderança tremenda e a facilitar a mudança que precisamos de ver para impulsionar a inovação e os resultados empresariais, enquanto fazem as suas organizações serem ótimas para todos os colaboradores.

A melhor amiga dos gestores de pessoas

 Na dúvida, os gestores de pessoas procuram a Great Place to Work®!

Cada empresa tem a sua jornada, por isso, os planos de consultoria GPTW® procuram responder às necessidades especificas de cada organização. Oiça a opinião dos seus colaboradores através da metodologia GPTW®, desenvolva planos de ação para enfrentar as necessidades de melhoria e torne-se uma referência da gestão de pessoas.

Fale com um dos nossos consultores e descubra tudo o que podemos fazer pela sua empresa. Clique aqui.

 

 


GPTW