MENU

Diversidade, equidade, inclusão e sentimento de pertença para Todos

Diversidade, equidade, inclusão e sentimento de pertença para Todos

Um excelente lugar para trabalhar para todos (For All™) é aquele onde todos os colaboradores, não importa quem sejam ou o que façam, experienciam um ambiente de trabalho consistentemente positivo. Líderes atenciosos e preocupados promovem um ambiente onde todos têm um propósito, podem contribuir com novas ideias e sugestões e têm acesso aos recursos de que precisam para serem bem-sucedidos dentro da organização. For ALL é mais do que uma ideia, é um compromisso, uma promessa, uma missão, do Great Place to Work® e que deve caracterizar todos os excelentes lugares para trabalhar.

Encontramos, ao longo de mais de 20 anos de estudos, gap’s significativos na experiência entre executivos e colaboradores, gap’s que, também, se observam entre homens e mulheres, gerações e diferentes identidades étnicas e raciais. Por isso, decidimos avaliar até que ponto as empresas criam uma experiência consistentemente positiva para todos os colaboradores, não importando quem sejam ou o que façam. Fizemos isso para refletir o mundo de hoje e reconhecer e aprender com as organizações inclusivas que marcam o contexto empresarial.

As empresas que construíram equipas que incluem pessoas de diferentes etnias, géneros e origens tendem a ter níveis mais elevados de confiança e um maior sentimento de pertença por parte dos colaboradores do que aquelas que não o fazem. As práticas que incentivam a inovação estão profundamente integradas em locais de trabalho que incentivam a diversidade. Também sabemos que a “força de trabalho” que inclui uma mistura de origens e experiências tende a contribuir e a desenvolver novas formas de pensar e fazer as coisas, comparativamente com as equipas que têm o mesmo background.

O tratamento justo já é um dos indicadores-chave dos Melhores Lugares para Trabalhar.

desenvolvimento humano nas empresas

 

banner artigo medio

 

De entre os Melhores Lugares para Trabalhar em Portugal, em 2022, destaca-se a Cisco Systems Portugal pela consistência da experiência dos colaboradores independente do género, idade, antiguidade, formação académica, função ou cargo, sendo um verdadeiro excelente lugar para trabalhar para todos (For All™). Para além do tratamento justo ser um dos muitos pontos fortes desta organização, a estes factos não será alheio o propósito da empresa de “potencializar um futuro para todos”.

desenvolvimento humano

Estão, ainda, preocupados com a criação de um ambiente marcado pela diversidade e inclusivo, existindo parcerias com organizações de grupos tipicamente minoritários para o recrutamento, e ou o apoio a eventos que promovam a participação de mais mulheres na área das Tecnologias de Informação. Salientamos, também, uma iniciativa que é a Cisco Portugal PRIDE que tem por missão fazer com que a Cisco seja reconhecida interna e externamente como uma empresa inclusiva e amigável para a comunidade LGBT+. Este grupo promove reuniões regulares e discussões e patrocina a participação de colaboradores em eventos externos de consciencialização para os problemas desta comunidade.

A “Conscious Culture” da Cisco engloba todos os aspetos da experiência do colaborador. Esta cultura é vivida todos os dias num ambiente de trabalho inclusivo, onde todos se sentem bem-vindos e sempre potenciada pela nossa tecnologia. Transparece na forma como as equipas interagem no seu dia-a-dia e na forma como responsabilizamos todos os colaboradores pelo seu próprio percurso de carreira. A nossa comunidade de líderes é responsável por criar um ambiente de trabalho colaborativo, de respeito, de desenvolvimento e inovação e onde lideram pelo exemplo. A nossa “Conscious Culture” também se reflete na importância que damos ao bem-estar de cada um ao longo da sua vida e na compaixão partilhada pelos nossos colaboradores com a comunidade que nos rodeia em todos os cantos do mundo.

Country Leadership Board Cisco Portugal

Em suma, caso pretenda criar um excelente lugar para trabalhar para todos (For All™) tem de começar por “medir” a experiência do colaborador por género, raça/etnia, idade, antiguidade etc. Através da perceção do ambiente de trabalho dos diferentes grupos irá conseguir identificar as principais desigualdades e poderá agir sobre as mesmas. Fale com os “grupos minoritários” ou com os grupos com a perceção mais negativa e pergunte os porquês, e veja o que pode ser melhorado ou adaptado a cada realidade. Defina metas ou objetivos e avalie o nível de progressão, porque só assim conseguirá construir um local de trabalho equitativo e marcado pela diversidade onde todos pertençam.

Entre em contacto com a nossa equipa, podemos ajudar a sua organização a melhorar a experiência do colaborador através do selo Certified™ e impulsionar o seu Employer Branding com os Best Workplaces™ 2023.

GPTW